Ads Top

As estradas por onde passei

Grant Haffner expressa em suas pinturas, todas suas recordações das estradas de Long Beach, onde passou toda sua infância e viveu momentos inesquecíveis. Para Grant, essa é uma forma de manter-se em contato com uma época tão importante em sua vida, fazendo suas lembranças continuarem vivas.

Para criar suas obras, o artista utiliza uma mistura de caneta permanente, lápis, tinta acrílica e painel de madeira e expressa nos quadros um mundo repleto de linhas e cores vibrantes que retratam o mundo colorido em que ele enxergava quando era criança.

"Quando eu dirijo eu me sinto completamente vivo. Por um breve momento, eu fico livre da realidade. O meu carro se torna meu movimento, as cores ficam turvas e eu viajo através do espaço e do tempo. Eu gosto de manter minha janela aberta para ouvir os sons, para sentir o cheiro e ver a paisagem. Cada passeio é algo novo, mesmo um por do sol não é o mesmo. Na estrada me sinto como parte daquela pintura. Sou movimento, cor, som, aventura e emoções. Esta é a minha melhor paisagem".






O artista Grant Haffner é mestre em pintar paisagens inspiradas nas belas estradas de onde passou a sua infância em Long Beach. Atualmente morando em NY, Grant tenta expressar suas memórias, capturar as cores e os sentimentos que sempre tinha ao pôr do sol.
Usando uma mistura de tinta acrílica, caneta permanente, lápis e painel de madeira, Grant desconstrói a visão das ruas largas e postes de energia, e nos traz uma série impressionante de telas em neon, formadas por linhas gráficas e vibrantes. Cada imagem captura a emocionante sensação de dirigir por quilômetros e quilômetros em uma estrada vazia. Haffner diz que lembrar disso o faz muito feliz:
“Quando eu dirijo eu me sinto completamente vivo. Por um breve momento, eu fico livre da realidade. O meu carro se torna meu movimento, as cores ficam turvas e eu viajo através do espaço e do tempo. Eu gosto de manter minha janela aberta para ouvir os sons, para sentir o cheiro e ver a paisagem. Cada passeio é algo novo, mesmo um por do sol não é o mesmo. Na estrada me sinto como parte daquela pintura. Sou movimento, cor, som, aventura e emoções. Esta é a minha melhor paisagem”.
- See more at: http://followthecolours.com.br/art-attack/artista-americano-cria-fantasticas-pinturas-technicolor-de-estradas-vibrantes-e-pores-do-sol-em-neon/#sthash.NR6kCYJz.dpuf

Álisson Boeira

Fundador da Revistak7. Gaúcho que não gosta de churrasco e nem chimarrão. Apaixonado por todos os tipos de arte, principalmente as que causam arrepios na alma.

|@alissonfboeira

Tecnologia do Blogger.