Ads Top

Cobrindo traumas

Muitas vezes, cicatrizes causam uma queda na auto-estima de várias pessoas, pois além do aspecto estético, essas marcas carregam consigo muitas histórias e memórias que não queremos lembrar. É o caso de mulheres que sofreram com violência doméstica ou precisaram fazer uma mastectomia.

Um anjo chamado Flavia Carvalho vem ajudando mulheres que sofreram algum tipo de trauma a cobrir suas cicatrizes na pele. A moça, que é tatuadora profissional faz esse trabalho gratuitamente para quem não pode pagar pelo serviço. O projeto chamado de "A Pele da Flor" ainda não tem nenhum outro tatuador, Flavia é a única responsável por todo o trabalho.

"Tudo começou há uns dois anos atrás, quando trabalhei com uma cliente que queria cobrir uma cicatriz grande na região do estômago. Ela me contou que estava em uma balada, e quando se recusou a ficar com um cara ele deu uma facada nela, com uma faca retrátil. Quando eu terminei aquela tatuagem. ela ficou bastante emocionada e isso me emocionou muito também. Eu tive de repente a ideia de que se eu desse tatuagens de graça para outras mulheres que sofreram algum tipo de violência que deixou uma cicatriz ou então uma mastectomia, que elas poderiam se tornar um instrumento de empoderamento e elevariam a auto-estima", contou em entrevista.






Álisson Boeira

Fundador da Revistak7. Gaúcho, que vive no Mundo da Lua, e que não gosta de churrasco e nem chimarrão.

|@alissonfboeira

Tecnologia do Blogger.