Ads Top

A intimidade dos Mutantes

Com mais de 130 fotografias inéditas, o livro "A Hora e a Vez", mostra um pouco da intimidade de uma das maiores bandas que o Brasil já viu, os Mutantes. Os registros foram feitos entre 1970 e 1973, nos primeiros anos do grupo.

Quem assina o projeto, é a fotógrafa Leila Lisboa Sznelwar, que na época era casada com Liminha, baixista dos Mutantes, por isso tinha acesso a momentos mais íntimos e descontraídos dos integrantes.


"Eu revelava tudo em casa, então mantive os negativos e conservei-os durante todo esse tempo. Sempre quis fazer um livro para tornar esses registros públicos e, há cerca de dois anos, em uma conversa com alguns amigos, fui encorajada a colocar a ideia em prática. Infelizmente, os negativos das fotos para o ‘Lóki’, em que passamos um dia todo rindo e nos divertindo, enviados para a gravadora, nunca foram recuperados", conta Leila.

O preço é um pouco salgado, custa R$ 129, mas conta com 208 páginas e uma ótima qualidade.





Álisson Boeira

Fundador da Revistak7. Gaúcho, que vive no Mundo da Lua, e que não gosta de churrasco e nem chimarrão.

|@alissonfboeira

Tecnologia do Blogger.