Ads Top

Kerouac: Vida em transe


A geração beat foi um movimento literário em meados dos anos 50 nos Estados Unidos. Inspirados pelo ritmo improvisado e imprevisível do jazz, buscavam a liberdade de estilo e comportamento, indo de encontro ao modelo formal e "certinho" que impregnava o país em questão após a Segunda Guerra Mundial. Os escritores que seguiam esse estilo viviam sem agenda nem rumo certo, movidos a drogas e sexo livre, tudo bastante passional e impulsivo. Além de Allen Ginsberg e William Burroughs, um dos grandes representantes dessa época foi sem dúvida Jack Kerouac.

Em "Kerouac", o quadrinista João Pinheiro comenta todos os eventos que marcaram a vida deste grande escritor, suas paixões, conflitos internos e sua grande inspiração para conceber um dos grandes clássicos da literatura americana, intitulado On the road  (lançado no Brasil como Pé na Estrada) que inclusive ganhou uma adaptação para o cinema em 2010.

Através dessa obra percebemos como o seu espírito transgressor foi lentamente se formando desde a infância, quando a perda precoce de seu irmão mais velho fez com que ele percebesse a fugacidade do tempo e da própria vida em si. Além disso, sua educação católico-ortodoxa fez com que ele desenvolvesse uma sensibilidade exacerbada, além de um misticismo e imaginação fora do comum.

Apaixonado pela escrita desde cedo, seus ídolos eram Jack London, Thomas Wolfe, Ferdinand Céline e Dostoievski. Sua verdadeira revolução interior acontece quando ele vai para Nova York e lá entra em contato com a música negra, onde enxerga elementos valiosos para a concepção do seu estilo: a valorização da intuição, do espontâneo e da emoção sobre a frieza acadêmica que ele rejeitava.

Dividindo as fases da vida de Kerouak em capítulos que em sua maioria são abertos com inspiradas citações, João Pinheiro apresenta a trajetória desse grande escritor e os grandes momentos da mesma, onde as grandes transformações pessoais tomaram parte de sua vida para se transformar em um pedaço da história da literatura americana.A história de um homem que buscou a liberdade de sua alma e de sua arte a ponto de fundir ambas de forma inédita e genial.  

Gilson Pessoa

Escritor e poeta formado em jornalismo pela UFJF. Mineiro nerd, nostálgico e sonhador, apaixonado por literatura e cinema.

|@Gilson106

Tecnologia do Blogger.