Ads Top

Feminismo, espiritualidade, energia e liberdade

A natureza parece ser o que mais inspira Mari Kuroyama na hora de desenvolver suas tattoos. Com um estilo bem singular, a artista, que mora em São Paulo, representa em linhas orgânicas o feminismo, espiritualidade, energia e liberdade.

Integrante do coletivo feminino "Tattooistas", a moça conta que largou o jornalismo após fazer um trabalho sobre arte e espiritualidade na faculdade. Dentre os tópicos possíveis, alí estava a tatuagem. A sorteada para falar do assunto foi Mari, que começou a encantar-se cada vez que se aprofundava mais na origem dessa arte milenar.

 
Questionada pelo pessoal do Ftc como ela mesma definiria se estilo de criação, a tatuadora diz que sua arte é "orgânica, sempre em transformação, algo que brota de um lugar muito íntimo do ser mas que também agrega elementos exteriores. Como uma conexão. Esse lugar, para mim, está contido em todos nós, como uma fonte infinita criadora e criativa".

Acompanhe seu trabalho pelo Instagram.















Álisson Boeira

Fundador da Revistak7. Gaúcho que não gosta de churrasco e nem chimarrão. Apaixonado por todos os tipos de arte, principalmente as que causam arrepios na alma.

|@alissonfboeira

Tecnologia do Blogger.