Ads Top

A psicose de Cisne Negro

Profundo como um corte em todos os sentidos. Cisne Negro é uma obra na qual você literalmente se afoga no lago dos cisnes. É sobre uma garota que se transforma em um belo cisne, e ela precisa de amor para se libertar desse feitiço, mas seu príncipe se apaixona por outra garota, e então a única forma de encontrar a liberdade em quem inventou é através da morte.


Acompanhamos então a estrada quase que, ou na verdade 100%, psíquica da bailarina Nina Sayers, a primeira bailarina na companhia de dança a qual se enquadra em uma estupenda ascensão. Consegue o papel do cisne branco, para a famigerada apresentação de O Lago dos Cisnes, onde necessita ser doce e meiga, mas também irresistível e excitante.

Porém, Nina é criada por uma mãe com um amor obsessivo, e por isso acaba não conseguindo desfrutar de seu lado selvagem enquanto dança. Ela queria atingir a perfeição, mas não imaginava que essa tal perfeição estaria fora de seu ''campo estável'' de doçura.

Ao longo de seu caminho instigante, Nina mostra traços da psicopatia e esquizofrenia, de primeira já podemos diagnosticar isto com seu relacionamento abusivo com a mãe, que a trata como se ainda estivesse na primeira infância, e o mais chocante de tudo é que até certo ponto Nina aceita ser mantida pelas mazelas desse controle abusivo, por conta de tamanha proteção a sexualidade da dançarina acaba se tornando um tabu a ser quebrado de forma marcante e dolorosa, além de vários machucados que Nina não se lembra de ter feito em si mesma e de alucinações e transes que vive de formas variadas e intensas, marcantes e um pouco assustadoras.


Em um estudo mais entranhado, o caso de Nina Sayers é um molde completo para entender um pouco da psicanálise de Freud, com dois pontos diferentes um do outro existem o consciente e o inconsciente, em que há o ISSO e o SUPEREU, o supereu é movido pelo seu eu consciente e o isso é movido pelo seu eu inconsciente, vemos por exemplo, o super eu são traços adquiridos a partir de vivências e leis morais impostas no decorrer da vida e o isso são nossos instintos, nascemos com ele mas com o passar da vida ele vai se tornando mais infecundado, pelo menos em pessoas que possuem sua psique sadia, usualmente pessoas com o ISSO mais apurado que o supereu são as pessoas psicóticas e com doenças mentais construídas, outro exemplo, além de Nina Sayers, é o famoso e comentado Norman Bates.

A psicanálise não pode por a essência do psiquismo na consciência, mas é obrigada a ver a consciente como uma qualidade do psíquico, que pode juntar-se a outras qualidades ou estar ausente.

Taia Daujotas

Aconteço, não sei caber nas palavras, mania de poexistir.

|@serendipidadeee

Tecnologia do Blogger.