Ads Top

Reconto | A arte da enrolação



Procrastinação é o adiamento de uma ação, mais conhecido como enrolação. Quem nunca? Ultimamente ando tomada por uma onda de procrastinar tarefas como nunca antes havia feito...ou....sempre fui assim e só reparei agora. Pelos meus cálculos, hoje eu já falaria 5 línguas diferentes, estaria com meu percentual de gordura no nível aceitável graças aos 3 diferentes esportes que estaria fazendo. Também estaria publicando meu quinto artigo científico comportamental (não sei se existe, mas estava nos meus planos lançar essa ideia) e tocando em paralelo uma sociedade com meu irmão. Seria lindo, se o mosquito procrastinador não tivesse me picado.

Sim, essa coluna está atrasada novamente, teoricamente era para ser postada na semana passada, porém, justo no dia em que cheguei mais cedo em casa para escrevê-la, estava sem internet. Ok, eu sei que eu não dependia totalmente da internet para escrever, aliás, poderia até usar meu novo caderno que comprei para anotar meus insights diários, mas não....... até o livro que estava encostado eu voltei a ler, mas a coluna que é bom, nada.

Opa! Fiz uma pequena pausa. Estava viajando nos instastories de uma atriz global e de um amigo em férias lá pros lados espanhóis. Não gostei do insta dela, mas assisti as 15 histórias que ela postou nas últimas 24 horas, fico chocada comigo mesma. Tim Urban fez uma palestra no TED bem interessante sobre a procrastinação. Ele explica nosso cérebro com 3 personagens emblemáticos: o tomador de decisões racionais, o macaco da gratificação instantânea e o monstro do pânico. Certamente você se reconhecerá em cada parte da palestra, mas acredite, isso não o deixará mais tranquilo, mesmo sabendo que a maioria de nós estejamos com o macaco comandando o barco na maior parte do tempo.

O Google me trouxe aproximadamente 378 mil resultados de “estudos sobre procrastinação”. Li algumas colunas e artigos para tentar captar alguma dica infalível, como por exemplo, contar o tempo somente em dias (esqueça meses e anos), dividir tarefas em pequenas partes, praticar meditação, entender a importância da tarefa, não se castigar e imaginar como será o futuro se você não começar a tarefa no momento propicio. Tentarei aplicar as dicas dos pesquisadores, assim como retomar (ou iniciar) aquelas tarefas importantes e esquecidas para ver se a fama de atrasada se descola da minha pessoa.

Termino aqui uma coluna procrastinada há dias por medo de errar o assunto. Mas prometo que a partir de hoje farei minha lista de tarefas da semana, começando por escrever a próxima coluna, e não atrasar mais, de novo, pela terceira vez. Pedirei ao macaco da gratificação tirar umas férias, ele e eu estamos precisando.

Aline Marcondes

Paulistana de moradia carioca. Investe seu salário de engenheira em viagens e shows. Viciada em conversar e observar o comportamento humano.

|@alinemarc

Tecnologia do Blogger.