Ads Top

Setembro Amarelo: 15 livros que abordam transtornos mentais

“Muitos depressivos nunca se tornam suicidas. Muitos suicídios são cometidos por pessoas que não são depressivas. Os dois elementos não são partes de uma única equação lúcida, uma ocasionando a outra. São entidades separadas que com frequência coexistem, influenciando-se mutuamente”.  Andrew Solomon (2000)

Setembro é o mês oficial ao combate ao suicídio. Diferente do que muita gente quadrada por aí pensa, o suicídio é o ultimo apelo ao término da dor existencial, muito já foi dito e deixado como rastro antes do ultimo ato.

Desta forma, hoje vamos dar uma atenção especial aos transtornos mentais. Vamos apresentar alguns livros que tem como personagens principais pessoas com algum tipo de transtorno e que com isso possuem uma visão diferente do mundo.

IMPORTANTE: 
Procuramos sempre tomar cuidado ao abordar esse tema, e desta forma irei usar o TIGGER WARNING [Aviso Gatilho], assim antes de procurar todos os títulos dessa lista, você saberá os problemas abordados e assim evitar um gatilho doloroso.



O Demônio do Meio-dia: uma Anatomia da Depressão – Andrew Solomon (2000)

TW: [depressão] [suicídio]


Com a primeira edição lançada em 2000, O Demônio do Meio-Dia é considerado uma referência sobre a depressão e seus transtornos no cotidiano de seus portadores. Intercalando relatos pessoais e depoimentos de vítimas dessa doença, Solomon desconstrói muitos mitos e explora questões morais, éticas e opiniões defasadas. Ele relata sua vida e tratamentos que alternam entre medicações que deram resultado e são de fácil acesso (lembrando sempre que devem ser tomados com indicação médica) além de depoimentos sobre tratamentos alternativos usados.
O mais importante também é o fato do livro também ser referencia para leigos e especialistas no assunto.
O livro foi vencedor do National Book Award, finalista do Pullitzer, e eleito um dos 100 melhores da década de 2000 pelo jornal britânico The Times.


As Vantagens de Ser Invisível – Stephen Chbosky (2007)

TW: [transtorno de stress pós-traumático] [luto] [depressão] [suicídio]

Já tendo sua versão no cinema que teve grande sucesso, "As Vantagens de Ser Invisível" é composto por cartas que o protagonista escreve falando a um amigo sobre suas experiências de vida, mesmo nem sempre tão boas, e suas recentes descobertas e amadurecimento nas experiências de vida. Charlie sofre de depressão e em suas cartas descobrimos um pouco de sua vida que se passa nos anos 90 entre a apatia e o euforia de viver sua própria e vida alternando com o desejo intenso de fugir dela.



As Virgens Suicidas – Jeffrey Eugenides (1993)

TW: [abuso psicológico] [depressão] [suicídio]


Passado nos anos 70, esse clássico tem como tema principal a história de cinco irmãs que comentem suicídio em sequência na adolescência sem apresentar um motivo plausível. Entretanto esse trágico acontecimento ocorre numa família "tradicional" que vivia pautada em restrições morais e religiosas, apesar de todas as manifestações e da revolução sexual que acontecia na época.
Essa história é descrita sobre o ponto de vista de um garoto que vivia nas redondezas.
Em 1999, a história foi adaptada para o cinema pela diretora e roteirista Sofia Coppola.



A Redoma de Vidro – Sylvia Plath (1963)

TW: [depressão] [suicídio]


Essa é uma obra autobiográfica da poetisa Sylvia Plath, pois ela coloca muito de si na personagem principal chamada Esther Greenwood.
Esther é uma jovem com intensa vida social, universitária e que trabalha na redação de uma revista feminina, mas que acaba parando em uma clínica psiquiátrica. A obra passa para o leitor uma visão mais crua e crítica de uma pessoa que passou pela depressão e por tentativas de suicídio e sobreviveu.
Um ponto importante dessa linda obra é o fato dela ser inspirada em uma tentativa de suicídio da autora em um verão de 1952, onde Sylvia constrói uma narrativa que vai além da doença mental.
Infelizmente, a autora se suicidou semanas após a publicação do livro.


Uma História Meio Que Engraçada – Ned Vizzini (2007)

TW: [depressão] [suícidio] [doenças mentais]


Sim,  você vai rir de muitas situações. Mas o foco dessa obra é falar sobre o suicídio, depressão e mostrar que existem outras doenças mentais.
Craig Gilner é um adolescente que tem tudo pra dar certo, mas ao se sentir pressionado de todos os lados ele entra em crise.
Ao descobrir que tem depressão, ele passa pela tentativa de suicídio, mas decide procurar ajuda e liga para o Centro de Prevenção ao Suicídio e então é internado na ala psiquiátrica de um hospital. O livro mostra as experiências do rapaz no hospital e as pessoas que ele conheceu.
Em 2010, a obra foi adaptada para o cinema com o filme “Se Enlouquecer, Não Se Apaixone”.


Viver é a melhor opção – André Trigueiro (2015)

TW: [depressão] [suicídio] [transtornos mentais diversos]


O jornalista André Trigueiro reúne nessa obra elementos  baseados em estudos recentes da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde para afirmar a importância da prevenção do suicídio em todos os setores da sociedade.
O suicídio tem provocado curiosidade e reflexão em função de casos recentes, como a morte do ator Robin Williams, as referências ao autoextermínio na cerimônia do Oscar 2015, a ação do copiloto do avião que caiu nos Alpes franceses. Isso sem falar nos casos de morte por overdoses e comuns referências sobre a falta de sentido para a vida. O livro traz como foco a prevenção do suicídio através da informação e enfoca o valor da vida, trazendo também os fundamentos do espiritismo sobre o que é o viver e a realidade da vida após a morte. Por decisão do autor, 100% dos direitos autorais foram cedidos para o Centro de Valorização da Vida (CVV).


 A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff (2015)

TW: [suicídico] [bullying] [depressão] 



A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Mas acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.

Depois do suicídio de seu amigo, Sam  se sente como um fantasma vagando pelos corredores da escola. Enquanto tenta aceitar a morte do amigo e o fato de que nada voltará a ser como antes, Sam ainda se culpa pelo o que aconteceu sem conseguir mudar o que sente.
Mas ouvindo a playlist deixada por Hayden, Sam começa a entender o que se passou naquela fatídica noite. E a cada vez que ele ouve e reflete sobre o que passou, mais ele descobre os segredos do seu amigo e sobre como era a sua vida de verdade.

Uma História de Amor e TOC - Corey Ann Haydu (2015)

TW: [transtorno obssesivo-compulsivo]


Bea foi diagnosticada com transtorno obsessivo-compulsivo e com o tempo desenvolveu algumas manias que podem se tornar bem graves, principalmente quando se trata de GAROTOS !!
Ela jura que está melhorando, que está tendo todo o controle. Até começar a se apaixonar por Beck, um menino que também tem TOC. Enquanto ele lava as mãos oito vezes depois de beijá-la, ela persegue outro cara nos intervalos dos encontros. Mas eles sabem que são a única esperança um do outro. Afinal, se existem tantos casais complicados por aí, por que as coisas não dariam certo para um casal obsessivo-compulsivo?
No fundo, esta é só mais uma história de amor... e TOC.

 Lavínia: no limite - Nathalia Alvitos (2014)

TW: [transtorno de personalidade] [bordeline]



Esse livro conta a história de Lavinia, uma jovem de 25 anos que tem tudo na vida: rica, bonita, mas que não aceita receber rótulos. Entretanto ela sobre de transtornos que a fazem oscilar entre querer carinhos, abraços e atenção o tempo todo e ter repulsa por pessoas que não a compreendem. Trata de sentimentos que chegam  sem se anunciar e gera uma solidão angustiante, um vazio que leva as pessoas a fugirem de si próprias.
Em “Lavínia”, Nathalia Alvitos, a autora reflete sobre os valores atuais da sociedade e ainda recria com destreza a realidade interna de uma personagem vítima de um transtorno que a obriga a viver em uma montanha-russa de emoções.


Garota, Interrompida - Susanna Kaysen (1993)

TW: [transtorno de personalidade] [bordeline]


Quando a realidade torna-se brutal demais para uma garota de 18 anos, ela é hospitalizada. O ano é 1967 e a realidade é brutal para muitas pessoas. Mesmo assim poucas são consideradas loucas e trancadas por se recusarem a seguir padrões e encarar a realidade.
Susanna Keysen era uma delas. Sua lucidez e percepção do mundo à sua volta era logo que seus pais, amigos e professores não entendiam. E sua vida transformou-se ao colocar os pés pela primeira vez no hospital psiquiátrico McLean, onde, nos dois anos seguintes, Susanna precisou encontrar um novo foco, uma nova interpretação de mundo, um contato com ela mesma. Corpo e mente, em processo de busca, trancada com outras garotas de sua idade. Garotas marcadas pela sociedade, excluídas, consideradas insanas, doentes e descartadas logo no início da vida adulta. Polly, Georgina, Daisy e Lisa. Estão todas ali. O que é sanidade? Garotas interrompidas.



Sua Voz Dentro de Mim - Emma Forrest (2013)

TW: [depressão] [transtornos alimentares] [bordeline] [suicídio]


Considerado mais que uma autobiografia, ele também é um livro de memórias.
A jornalista inglesa Emma Forrest relata a sua crua experiência com depressão, distúrbios alimentares e comportamento autodestrutivo até a sua tentativa de suicídio.
Tudo se passa após o término de um intenso namoro e a inesperada morte de seu psiquiatra fazem Emma ter que enfrentar sozinha seus problemas.
Sua Voz Dentro de Mim propõe ao leitor uma reflexão sobre o relacionamento que ele tem consigo próprio.

Meus Tempos de Ansiedade -  Scott Stossel (2014)

TW: [ansiedade]


Este livro é um misto de memórias e reportagens do  jornalista norte-americano Scott Stossel, que toma coragem para contar seus episódios mais extremos de crises de ansiedade e oferece uma profunda pesquisa sobre o tema.
Uma de suas frases mais famosas resume bem os transtornos mentais: "Enfrentar e compreender a ansiedade é enfrentar e compreender a condição humana".


Afluentes do Rio Silencioso - John Wray (2010)

TW: [esquizofrenia] [ansiedade] [alucinações]


William Heller decide fugir do hospital psiquiátrico em que está internado e se aventurar pelos labirintos subterrâneos do metrô de Nova York.
A mãe do adolescente esquizofrênico, superprotetora, contrata um policial para encontrar William. Estar no subsolo da metrópole serve como metáfora para o retrato da mente não medicada do protagonista. "Afluentes"  é narrado do ponto de vista de William de 16 anos. John Wray é considerado um dos jovens talentos promissores da literatura norte-americana contemporânea.



O Apanhador no Campo de Centeio - J.D. Salinger (1951)

TW: [ansiedade] [depressão] [suicídio]


Em uma vida cheia de angústia, rebeldia e melancolia o adolescente Holden Caulfield narra alguns dias de sua curta vida. Indignado com a hipocrisia e com os efeitos destrutivos da II Guerra Mundial, o sensível jovem tem vários sinais de estar deprimido e com isso se sente deslocado.
Acessos suicidas, frustrações, saudades e devaneios do protagonista que dão indício de que ele é internado em uma clínica psiquiátrica no fim do livro.
Um clássico da literatura, norte-americana, foi lançado em 1951 como retrato da sociedade caótica e problemática que afetava diretamente as mentes mais sensíveis causando os mais diversos problemas mentais como a depressão e a ansiedade e também contribuindo para a construção de mais uma visão do mundo.


Lembrando que se você conhece alguém que vem se afastando de tudo e que mudou o olhar bruscamente, não se afaste dela!
Procure ajudar e não julgar.
Estenda a mão,  dê ajuda !

Vamos ser mais luz para as pessoas que andam no meio de sua própria escuridão.
E quando não souber o que fazer, disque 141 e converse !

O CVV vai sempre estar disposto a ajudar :)
www.cvv.org.br

Sejam fortes !



Fontes:
Estante Virtual Blog
Melhores Livros
Mademoiselle Loves Books

Priscila Carneiro

Formada em Produção Cultural, carioca que prefere Serra ao Mar. Ama arte, fotografia e literatura, compra mais livros do que consegue ler. Gosta de gente que consegue enxergar com os olhos da alma e leva a vida tentando enxergar mais do que podemos ver.

|@prismcarneiro

Tecnologia do Blogger.