Ads Top

As roupas de Frida Kahlo que ficaram escondidas por 50 anos

Além de sua importância para o mundo das artes, a pintora mexicana Frida Kahlo, falecida em 1954, também deixou marcas pelo universo da moda. Com um estilo muito próprio e extravagante, suas roupas transbordavam vibração e expressão, e, claro, ainda hoje, inspiram muitas pessoas a serem quem elas querem ser.

Quando Frida nos deixou, seu marido, o pintor Diego Rivera, decidiu que ficaria com o guarda-roupa da esposa. Ele trancou as peças no banheiro de sua casa, e pediu para que o cômodo só fosse aberto 15 anos depois.

O tempo foi passando, e ao invés de ficarem 15 anos guardadas, o cômodo só foi destrancado em 2004, após 50 anos, quando a Casa Azul foi transformada em um museu. No local, encontram-se mais de 300 itens que foram da artista.

De nada adianta um acervo incrível desses se não há a opção de mostrar a todas as pessoas, todos aqueles que não tem oportunidade de visitar o museu, não é mesmo? Por isso, o fotógrafo japonês Ishiuchi Miyakofoi convidado a fotografar todos os itens da coleção.

Confira!


















Álisson Boeira

Fundador da Revistak7. Gaúcho, que vive no Mundo da Lua, e que não gosta de churrasco e nem chimarrão.

|@alissonfboeira

Tecnologia do Blogger.