Ads Top

Reconto | Molejo dos dias


Comecei mais um parágrafo
Que eu não consigo terminar
Será falta de assunto,
Ou o assunto que não acha seu lugar?

Não espere rimas ricas
Nem estrofes milimetricamente ritmadas
No frigir dos ovos
A gente frita umas batatas

Pensei sobre viagens, mudança e amor
Nada do que vinha a minha cabeça, vingou
Rimas ordinárias eu sei fazer
Então vem comigo, que você vai ver

Tô cumprindo aviso prévio
Me avisaram: “vai sair”
Tô cumprindo o que então
Se a crise me forçou partir

Cogitei ir pro aeroporto
Comprar uma passagem para outro país 
Garota, o euro tá pra hora da morte
Resolvi ficar por aqui

Porém estou tranquila
Praticando meditação e corrida
Lendo livro de auto ajuda
Que ganhei da minha vizinha

Calma, daqui a pouco vou partir pro mundo
Conhecer pessoas e lugares
Resolvi jogar pro universo
Sentimentos limpos em projeções moleculares

Aqui eu termino mais um poema
Um dos mais condizentes que já fiz
Fica pra você, caro leitor
A certeza de que na vida
Tudo pode mudar num triz.

Aline Marcondes

Paulistana de moradia carioca. Investe seu salário de engenheira em viagens e shows. Viciada em conversar e observar o comportamento humano.

|@alinemarc

Tecnologia do Blogger.