Ads Top

Além de um belo escultor de papelão, a história de vida desse artista é inspiradora

Quando James Lake foi diagnosticado com câncer nos ossos aos 17 anos, não sabia o que aquele momento tão difícil da sua vida iria lhe trazer. Foi nessa época em que descobriu seu amor pela arte, principalmente pelas esculturas. Isso já faz mais de 20 anos, mas ele nunca mais parou.

Uma de suas pernas precisou ser amputada, obrigando-o a permanecer um bom tempo no hospital se recuperando. Ele precisava de algum estímulo, algo que lhe trouxesse novamente a vontade de viver, e foi trabalhando com papelão que isso aconteceu.


James só precisava de cola, papelão e sua criatividade para dar vida a incríveis figuras. Rostos e corpos praticamente idênticos aos reais eram esculpidos pelo jovem artista, que conseguia se distrair e vislumbrar um futuro bem diferente daquele que as pessoas diziam que ele teria.

Com o passar do tempo, o cara foi se aprimorando e testando novas possibilidades. Atualmente, o artista do Reino Unido é bem conhecido pelo seu trabalho. Ele resolveu até montar oficinas de arte em sua comunidade para ensinar aos mais jovens o poder transformador que esse universo criativo possui.

Um belo exemplo de vida, não é mesmo?









Álisson Boeira

Fundador da Revistak7. Gaúcho, que vive no Mundo da Lua, e que não gosta de churrasco e nem chimarrão.

|@alissonfboeira

Tecnologia do Blogger.