Ads Top

Na Lupa | A luta contra velhos estigmas em O Pagamento Final

Mudanças são um processo delicado, pois não basta a modificação pessoal. É preciso convencer todos que conheciam os antigos hábitos e certificá-los de que o passado não mais se repetirá, especialmente quando um mito é criado em torno de uma imagem. De qualquer forma o preconceito prevalece.

Tal situação gera um confronto que serve como prova de fogo, já que inevitavelmente implica um reencontro com seus demônios interiores, criando duas alternativas: a ruptura total com a fase anterior ou o retorno aos antigos vícios.


Ambientada em 1975, a narrativa mostra a jornada de Carlito Brigante, um famoso traficante porto-riquenho que afirma estar completamente reabilitado depois de passar cinco anos na cadeia.

Tudo o que ele deseja é juntar uma quantia de dinheiro suficiente para ficar sócio de um antigo conhecido no ramo de aluguel de carros nas Bahamas, mas seus companheiros de negócio no passado ficam o pressionando para retornar ao ramo onde seu nome ganhou notoriedade.

Depois de passar cinco anos na cadeia, o protagonista percebe que já não existe mais um código de lealdade entre parceiros e todos estão dispostos a se vender, traindo qualquer um para sobreviver nessa conjuntura.

A belíssima montagem do cineasta Brian De Palma retrata a falta de sincronia de Carlito com este contexto, onde todos insistem em se aproveitar da imagem criada em torno de seu nome e se recusam a acreditar em sua nova conduta.

Nesse ponto é interessante mencionar como Gail, o interesse romântico do ex-criminoso parece conduzi-lo para uma outra esfera de percepção, amenizando o seu estranhamento do universo que o rodeia. Ela é a única que realmente confia no seu potencial para deixar o passado para trás e “se endireitar”.


Vale comentar também que apesar da vida fora do crime, toda a experiência adquirida em sua vida de traficante é perceptível, especialmente na antecipação dos movimentos de seus adversários.

Sua atenção para o perigo iminente contribui para a sua sobrevivência, mas por outro lado a fidelidade em seus parceiros é o seu ponto fraco, especialmente no amigo advogado que reduziu sua pena.

A história de um homem que precisa passar por um verdadeiro batismo de fogo antes de finalmente romper definitivamente com qualquer rastro de sua carreira passada, ao mesmo tempo evitando amizade com criminosos em ascensão que buscam a sua benção para ganhar respeito.

O elenco traz as ótimas performances de Al Pacino, Sean Penn, Penelope Ann Miller,John Leguizamo, Luis Guzmán e Viggo Mortensen entre outros nessa película sobre a busca pela redenção num instante onde os amigos são mais nocivos que os inimigos.

A regeneração muitas vezes demanda um esforço maior do que o imaginado, pois exige uma completa reestruturação do pensamento, forçando assim uma revisão de todos os seus conceitos a respeito de todos ao redor.


Gilson Pessoa

Escritor e poeta formado em jornalismo pela UFJF. Mineiro nerd, nostálgico e sonhador, apaixonado por literatura e cinema.

|@Gilson106

Tecnologia do Blogger.