Ads Top

Na Lupa | Moralidade X Legalidade em O Leitor



A brutalidade humana mostrou sua real potencialidade com o holocausto, um evento cuja essência obviamente marcou para sempre a consciência do povo alemão. Ainda hoje é difícil acreditar como foi possível que isso tenha acontecido, tamanha é a crueldade impressa no comportamento daqueles envolvidos.

Curioso constatar como o espírito humano permanece complexo e continua surpreendendo, apesar das impressões que só revelam uma versão do acontecido. Afinal, nada mais controverso que a natureza humana.

Baseada no romance homônimo do escritor alemão Bernhard Schlink, a narrativa mostra a trajetória de Michael Berg, um jovem que passa mal no meio da rua na Alemanha de 1958. Socorrido por uma mulher mais velha, eles terminam tendo um romance, onde o garoto lia vários livros para ela diariamente, antes de fazerem amor.


Certo dia ele chega na casa da moça e descobre que ela desapareceu, sem ao menos se despedir ou dizer para onde foi. Anos depois, cursando a faculdade de Direito, ele a reencontra num tribunal, onde está sendo julgada por ter trabalhado como guarda de um campo de concentração nazista responsável pela morte de aproximadamente trezentos judeus.

A partir dessa premissa o filme lança um interessante debate sobre moralidade e legalidade através das opiniões dos alunos a respeito do caso, enquanto o protagonista acredita que nem tudo está sendo completamente revelado no caso.

O filme trabalha a culpa que assombra o povo germânico por essa atrocidade, onde poucas pessoas pagam pelo crime de muitos. Além disso, dentro da conjuntura nazista, os assassinatos feitos pelo estado eram legalizados, projetando a maleabilidade do sistema.

A montagem do cineasta Stephen Daldry ilustra com eficiência o estranho relacionamento do casal, sempre cercado de incerteza e mistério. A diferença de idades cria um ambiente sempre cercado de instabilidade, onde os problemas de comunicação criaram um confronto de necessidades entre eles.

O menino, experimentando seu primeiro amor, pretende se entregar de coração à sua amada, que precisa dele para desfrutar das publicações recitadas apaixonadamente.


Interessante apontar como o namoro com uma pessoa madura e seu término repentino transformaram o ingênuo rapaz em um homem emocionalmente distante de sua esposa e filha. O medo de se expor e sofrer novamente tornaram-se uma constante em sua vida.

O elenco traz as excelentes performances de Ralph Fiennes e Kate Winslet, entre outros nessa história que desperta a discussão sobre as motivações contraditórias que constituem a natureza humana, solidária enquanto vil.

Uma trama complexa e intrigante que expõe a delicada história de um casal, unido através de diferentes motivações, mas que encontrava uma sintonia peculiar na literatura, universo de ficção com desfechos gloriosos, o que nem sempre acontece na vida real.




Gilson Pessoa

Escritor e poeta formado em jornalismo pela UFJF. Mineiro nerd, nostálgico e sonhador, apaixonado por literatura e cinema.

|@Gilson106

Tecnologia do Blogger.