Ads Top

Rio de Janeiro abriga o maior grafite do mundo feito por uma mulher


Você já percebeu que os maiores nomes da arte urbana mundial são sempre homens? É claro que existem mulheres super talentosas nesse segmento, mas elas não possuem tantas chances de exibirem seus trabalhos.

Aos poucos, essa situação parece estar mudando, e a prova disso é a artista Luna Buschinelli, paulistana que acaba de ser tornar a responsável pelo maior grafite do mundo produzido por uma mulher. A pintura, intitulada "Contos", está localizada no prédio a Escola Municipal Rivadávia Corrêa na Av. Presidente Vargas entre a Igreja da Candelária e a Central do Brasil, no Rio de Janeiro.


Convidada pelo produtor Pagu, responsável, ao lado de Andrea Franco, pelos murais do Boulevard Olímpico, a jovem artista, de apenas 19 anos, trabalhou das 8 às 18h por mais ou menos 1 mês para pintar a obra de 2.500 m².

"Fico muito feliz em poder trazer com esse trabalho a força de um grafite feminino, além de abrir portas e dar visibilidade não só para mim, mas também para todas as mulheres que se aventuram no mundo do grafite e da arte", contou em entrevista a Veja.

O grafite, que foi inaugurado no dia 16 de junho e será apresentado ao Guinness Book nos próximos dias, faz parte do projeto Rio Big Walls da Secretaria Municipal de Cultura, que quer valorizar espaços por meio da arte urbana e incentivar novos artistas.

Confira!











Álisson Boeira

Fundador da Revistak7. Gaúcho, que vive no Mundo da Lua, e que não gosta de churrasco e nem chimarrão.

|@alissonfboeira

Tecnologia do Blogger.